A declaração de amor a Trump não evitou a humilhante indiferença

Daquela vergonhosa participação do nosso supremo mandatário na reunião da ONU, afora o discurso insano, o que já não surpreende ninguém, ficou aquela patética exibição de subserviência de se declarar ao presidente norte-americano: “I Love You”. Patética e até, esquisitona. Trump nem deu muita bola. E pra quem num daqueles ataques homofóbicos chegou a dizer que preferia um filho morto a um filho gay, ficou meio chato. Mas é possível que os seguidores do capitão tenham até relevado essa desmunhecada. Vale tudo para consolidar nossa posição (de cócoras?) em relação à hegemônica e poderosa nação do norte. Mas aí veio na semana passada, a bofetada: o sonho de entrar na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDC), gorou. Trump disse que não é pra já e colocou Argentina como país sul-americano preferencial para o momento. Imagino a cara dos panacas com a decepção. E o complemento da pataquada, nunca é demais lembrar, foi o delírio de um dos três porquinhos, filhos do capitão, que queria criar o “Dia da OCDC”. O que deve ter de eleitor envergonhado por aí… hahaha! Pior é que o nosso (des)governo abriu mão dos privilégios de fazer parte da Organização Mundial do Comércio (OMC) para ganhar a carteirinha da OCDC, que na opinião de gente entendida, não melhora em nada nossa posição no mundo, continuaríamos subdesenvolvidos. Pra se ter uma ideia, a China, com toda a sua poderosa economia em evolução, não dá a mínima para a OCDC. E pra piorar ainda mais a autoestima do capitão e sua turma, o novo acordo comercial dos EUA com a China vai ferrar os ruralistas eleitores do Bozo. A China vai comprar US$ 50 bilhões de produtos agrícolas do país de Trump enquanto os ruralistas brasileiros vão deixar de vender 20 milhões de toneladas de soja aos chineses. Os chineses que são responsáveis por 73% de toda a toda a soja comprar do Brasil. Eita!!

SEMANA VINÍCIUS DE MORAES
A II Semana Vinícius de Moraes, em Itatiaia começa nesta quarta-feira, dia 16, com o espetáculo ‘Vinícius de Moraes…É demais’. No palco, com André Whately que atua e dirige o espetáculo, estarão Beto Oliveira (voz e violão), Cláudia Martins (voz) e Luis Lima (percussão) além da participação especialíssima da atriz, cantora e neta de Vinícius, Mariana de Moraes. Local: Casa da Cultura. Hora: 20 horas. Entrada franca. A programação da Semana continua no Jazz Village, em Penedo:

Dia 17/10 às 20 horas tem a abertura do ‘I Salão de Artes Vinícius de Moraes’ com curadoria de Rafael Fiorato. Às 20h30min., apresentação do Coral do Visconde, com regência de Márcia Patrocínio.

Dia 18/10 às 19 horas, conversa com o poeta e escritor carioca, Augusto Sérgio Bastos em “A vida e arte: o encontro de Vinícius de Moraes com Ferreira Gullar”. Moderador: Laís Amaral Jr. Às 21 horas, show “Se todos fossem iguais a Vinícius”, com Duo Instrumental e a cantora Izzy Gordon. Reservas antecipadas.

Dia 19/10 às 19 horas, papo com o escritor e jornalista carioca, Sérgio Fonta em “Conversa com Vinícius”, uma entrevista inédita. Moderador: Marcos Cotrim. Às 21 horas show “O encontro de Vinícius de Moraes e Baden Powell” com o violonista Marcel Powell e o ator André Whately. Reservas antecipadas. Informações: (24) 99832-6782.

Foto: Kevin Lamarque/Reuters

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.