Resende apresenta queda em índices de violência às vésperas de fórum

A violência em Resende, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), do Governo do Estado do Rio de Janeiro, diminuiu entre janeiro e maio deste ano, se comparado ao ano passado. Este e outros assuntos serão relembrados neste sábado, dia 13, quando acontece o II Fórum Regional de Superação da Violência, que será realizado no município, no auditório do Colégio Salesiano.

Com o tema “Fraternidade e Políticas Públicas: boas práticas da cultura de paz”, o evento acontece após a estatística do ISP apontar crescimento nos índices de homicídios e tentativas na Região do Médio Paraíba. Em toda a região (onde além de Resende, Itatiaia, Porto Real e Quatis, abrange Barra Mansa, Volta Redonda, Valença, Barra do Piraí, Pinheiral e Rio Claro), até maio deste ano foram registrados 103 homicídios e 198 tentativas, contra 100 assassinatos registrados na mesma época em 2018, com 173 tentativas.

Por outro lado, o mesmo levantamento mostra que caiu o número de furtos e roubos em comparação ao período entre janeiro e maio dos dois anos. No ano passado, foram registrados 165 furtos contra 150 deste ano, e o número de roubos passou de 274 para 246. Em grande parte desses índices, Resende seguiu a tendência de queda em roubos (de 74 para 46) e furtos (de 33 para 23), e também de crescimento em tentativas de homicídio (de 30 para 31). No entanto, apresentou queda no número de homicídios (de 24 para 14 assassinatos).

Ao todo, o município teve 59 homicídios e 113 tentativas de homicídio, além de 72 furtos e 150 roubos durante todo o ano de 2018. Além de Resende, Porto Real e Itatiaia também apresentaram quedas nos mesmos índices medidos pelo ISP. Juntos, os municípios somam sete assassinatos (um em Porto Real e seis em Itatiaia), contra 15 no mesmo período de 2018 (sete em Porto Real e oito em Itatiaia).

O II Fórum Regional de Superação da Violência, organizado pela Igreja Católica, Grupo Olaria e Sociedade Civil Organizada, conta com a participação de convidados de diversos setores da sociedade, entre eles Dom Luiz Henrique da Silva Brito, atual bispo da Diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda; Padre Rafael Ferreira, coordenador da Região Pastoral de Resende e Itatiaia; Iara Maria de Freitas, psicóloga e coordenadora do Curso de Psicologia na Universidade Estácio de Sá; Marcelo Dias da Silva, juiz da 2ª Vara de Família da Comarca de Volta Redonda e Beto Chaves, inspetor da Polícia Civil e Coordenador do programa Papo de Responsa.
O evento acontece das 8 às 17h, no auditório do Colégio Salesiano, na Rua Mário Periquito, 256, no bairro Jardim Jalisco.

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.