Resende receberá boa parte de investimento bilionário da Nissan no Brasil

A montadora Nissan anunciou nesta quarta-feira, dia 4, que investirá até R$ 1,3 bilhão no Brasil nos próximos três anos, e grande parte será voltada para a modernização de sua fábrica em Resende. O anúncio foi feito durante uma reunião virtual entre o presidente da Nissan no Brasil, Airton Cousseau, o governador Cláudio Castro e o secretário de Estado da Casa Civil, Nicola Miccione. A informação também foi divulgada pelo diretor global de operações e CEO da Nissan, Ashwani Gupta.

Esta semana a empresa iniciou o segundo turno da fábrica em Resende com a contratação de 570 novos empregados, treinados nos últimos meses. Inaugurada em abril de 2014, a unidade industrial tem capacidade de produção de 200 mil carros e 200 mil motores por ano e seguirá como referência tecnológica da Nissan no Brasil para os futuros lançamentos de veículos.

A contratação desses empregados aconteceu após a fábrica anunciar em outubro de 2021 a abertura de um novo turno de produção em Resende com 578 novos funcionários, com o objetivo de atender a forte demanda pelo Novo Kicks, tanto no mercado interno quanto em outros países, com a exportação do modelo brasileiro. Para preparar os novos funcionários e garantir a qualidade de produção aplicada pela marca em todo o mundo, a Nissan conduziu 106 mil horas de treinamentos.

De sua inauguração em 2014 até 2021, o Complexo Industrial de Resende produziu mais de 500 mil carros, e a Nissan exportou mais de 80 mil veículos, sendo a Argentina o principal destinatário com 63% das exportações. Além disso, atingiu a marca de 12 milhões de peças estampadas. Hoje emprega 1.950 funcionários e produz 272 veículos e 227 motores por dia (31 veículos por hora).

Foto: Divulgação

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.