Morador sugere a PMR correções em trânsito de avenida na Vila Julieta

Vias da Vila Julieta com mão única passarão por mudanças para garantir fluidez e segurança, segundo prefeitura

Atualizado nesta quinta-feira, dia 29, às 10h

Na próxima segunda-feira, dia 2, seis ruas localizadas no bairro Vila Julieta se tornarão vias de mão dupla, segundo informação da Prefeitura de Resende e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Sumtran). Segundo o órgão, responsável pelo trânsito no município, haverá mudanças no trânsito do bairro, com o objetivo de dar mais fluidez e segurança ao local.

Dentro do planejamento da Sumtran, as seis ruas de mão única que passarão a ter mão dupla e receberão uma nova sinalização são: a Rua Santos Dumont, Rua Santo Antônio, Rua Washington Luiz, Rua Altamiro O’Reilly, Rua Prof. José Fernando Tostes Vilela Leandro e Rua Minas Gerais.

As mudanças foram aprovadas pelos moradores, porém um deles pede correção na sinalização de outra rua, com mão dupla, não contemplada pelas mudanças prometidas para agosto. É o caso do barbeiro Cláudio Hair, proprietário de um estabelecimento comercial na Avenida General Affonseca. A via, segundo ele, sofre com o fato de que as duas mãos sinalizam o tráfego para a mesma direção. “Pra quê ter duas mãos e o tráfego na mesma direção? Isso prejudica muito o comércio”, disse Cláudio, que também mora na mesma rua há 14 anos.

Morador há 14 anos na Vila Julieta, Claudio apoia mudanças, mas critica má conservação e sinalização de rua com problemas na mão dupla (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Ele aponta que a preferência dos motoristas por trafegar por apenas um dos lados vem prejudicando as condições da avenida e atrapalhando o desenvolvimento do comércio no local. “O comércio aqui travou, pois fora as lojas que vendem automóveis, nada vai pra frente aqui na avenida, ainda mais por não ter lugar pra estacionar. A via aqui tem mão dupla, e muitas pessoas ao invés de usar também o lado direito, só usam o lado esquerdo da via (ambas com sentido Cidade Alegria-Centro). E a rua está com um desnível por causa disso, e aí quando chove forte alaga as partes baixas do desnível da via e entra água dentro das casas”.

Mesmo que seja favorável à mudança no trânsito anunciada pela prefeitura, o barbeiro aproveita pra falar também da preocupação que tem com a Rua Santos Dumont, uma das vias que passarão a funcionar em mão dupla. “Enquanto isso, aqui na Santos Dumont (por onde ele passava no momento da entrevista) é estreita, totalmente residencial, tem muita criança e outros familiares que circulam na rua. Fazer mão dupla aqui será suicídio. Uma coisa absurda!”, diz.

Outra moradora da Rua Santos Dumont, a diarista Gislene da Conceição Domingos, que vive na Vila Julieta há 36 anos, revela que transita frequentemente pelas ruas do bairro e também defende as mudanças.

– Nasci e fui criada no bairro que tanto amo. Realmente era muito difícil mão única nas ruas do bairro, com essa nova mudança o trânsito vai fluir bem melhor, descongestionando as vias principais, terá facilidade aos moradores no transporte público, no acesso em suas residências, e locomoção dos mesmos aos seus destinos, facilitando assim o fluxo no trânsito e fazendo com que os motoristas transitem dentro do bairro – cita.

Gislene vê benefícios em mudanças no trânsito das seis ruas: “Será eficaz para toda a população” (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Ela acredita que as mudanças deverão promover melhoras para o comércio local. “Penso eu, que com as mudanças, até pra os comerciantes haverá melhora em suas vendas, e incentivarão outros investidores a também terem no bairro seu ponto de comércio”.

A diarista também destaca que com a medida tomada pelo poder público, lugares conhecidos da região como a Policlínica do Manejo e o Parque Tobogã terão o acesso facilitado. “Isso será benéfico a toda população da cidade, e algo de extrema importância será a diminuição de gasto de combustível com essa mudança no trânsito, visto que estamos vivenciando uma pandemia. Realmente não será a primeira mudança no bairro, mas ao meu ver será a mais eficaz para toda a população. No trânsito em mão única, os retornos ficariam mais distantes, fora o desrespeito por diversos motoristas, assim ocasionando acidentes. Essa reversão foi com certeza muito bem estudada, pensada, não foi de uma hora pra outra”, finaliza.

TRECHOS PERMANECERÃO COM TRÂNSITO INALTERADO
Segundo o superintendente da Sumtran, Júlio César Barbosa da Silva, as mudanças no trânsito foram feitas após estudos que concluíram que o novo modelo trará mais fluidez e segurança no trânsito local. “É um trecho que recebe um bom fluxo de veículos e precisava desse aprimoramento. Quem passa pela região deve ficar mais atento às mudanças a partir da próxima segunda-feira, inclusive ao estacionar pelas ruas com alterações e ao sair com o carro. A gestão municipal continua sempre atenta às demandas que podem melhorar o trânsito da cidade”, comentou.

Mesmo com as mudanças feitas nas seis vias citada, outros trechos dessas ruas continuarão em mão única: na Rua Santos Dumont, do quarteirão entre a Avenida Coronel Mendes e a Rua São Paulo; na Rua Prof. José Fernando, do quarteirão entre a Av. Gal. Affonseca e a Rua Bahia; na Rua Minas Gerais, do quarteirão entre a Av. Cel Mendes e a Rua Alfredo Botelho; e na Rua Washington Luiz, dos quarteirões entre a Av. Cel Mendes e a Rua Padre José Sandrup.

Fotos: Raimundo Brasil/Divulgação PMR

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.