Empresário é o pré-candidato mais jovem da eleição suplementar de Itatiaia

Rafael Borher (à direita, ao lado do vereador Lindbergh Farias, do PT), é atuante na política desde a adolescência (Foto: Divulgação)

Está definida para acontecer no dia 12 de setembro a eleição suplementar para prefeito e vice-prefeito de Itatiaia. A resolução que determinou a nova data foi aprovada por unanimidade pelos desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). A data foi remarcada quase três meses depois que o TRE foi obrigado a adiar o pleito no município, que seria inicialmente em 11 de abril, devido ao aumento de casos e de internações por Covid-19 nas unidades hospitalares dos locais de ocorrência dos pleitos.

Com a definição de data, o TRE-RJ também definiu o cronograma das eleições suplementares, que também acontecerão em outros dois municípios fluminenses: Santa Maria Madalena e Silva Jardim. Em todos eles, as convenções partidárias para escolha dos candidatos a prefeito e vice concorrentes começarão a partir da próxima quarta-feira, dia 28, e terminarão no domingo, dia 1º de agosto.

Diferente do que aconteceu na última eleição, em 2020, e atualmente, na primeira tentativa de se fazer as eleições suplementares, um novo nome começa a se destacar no município e deverá se registrar no cartório do TRE. Pela primeira vez, o empresário Rafael Borher, do PSB, é pré-candidato ao cargo máximo do Executivo de Itatiaia. Com apenas 28 anos, é também considerado o mais jovem dos que pretendem brigar para assumir a prefeitura. Borher mora no município há 11 anos e começou cedo na política, ainda na fase da adolescência, aos 14, participando ativamente do movimento estudantil junto a órgãos como a União Nacional de Estudantes (UNE).

Para ele, o conturbado momento político pelo qual atravessa o município é encarado como um motivo a mais para que participe do pleito. Rafael entende que o clima que paira sobre o eleitorado, neste momento, é o de necessidade de renovação do grupo que comandará o seu destino da cidade nos próximos anos. “Creio que já tenha passada a hora de promovermos esta mudança em Itatiaia. E, com certeza, é possível e urgente que, daqui por diante, se faça algo melhor pela população”, argumenta, salientando que se sente preparado para cumprir esta missão. “Chegou a hora de arrumar a casa”, aposta o jovem, que deverá ser anunciado como candidato do PSB em convenção prevista para o dia 1º de agosto, quando estará completando 29 anos.

Se tem gente estreando na disputa, por outro lado também tem gente que voltará a participar da corrida à prefeitura. O advogado e administrador hospitalar Adalberto Luiz Bisol (à esquerda), de 69 anos, mora em Itatiaia desde a década de 1980, quando sua família, natural de Bento Gonçalves/RS, construiu às margens da Via Dutra a primeira churrascaria da região. É filiado ao PDT desde os tempos de Leonel Brizola (1986), sua principal inspiração na política.

Esta é a terceira vez que Bisol deverá concorrer à prefeitura, depois das eleições de 2004 e 2008, quando realizou campanhas sem recursos, mas desde aquela época denunciando corrupção e falta de projetos para a cidade. Agora, como pré-candidato a prefeito de Itatiaia, vem realizando o Plano de Governo Participativo, ouvindo as pessoas e suas necessidades pela primeira vez no município. Ele vem dialogando com alguns partidos para a convenção do PDT no dia 30 de julho. Ainda não tem vice definido, mas Bisol aponta que um dos lemas da campanha será “transparência acima de tudo “.

Outro nome que também deverá confimar a candidatura em breve também disputará pela primeira vez a prefeitura. O médico concursado da Prefeitura de Itatiaia, Márcio Braga, que é filiado ao partido Cidadania, teve seu nome oficialmente anunciado como pré-candidato no município no último dia 15, pelo presidente do diretório estadual do partido, Comte Bittencourt. Natural da capital paulista, começou a trabalhar aos 14 anos como bancário. Formado em Medicina no estado do Rio de Janeiro, fixou residência em Itatiaia no anos de 1995, e passou a trabalhar na prefeitura.

Braga (à esquerda) terá seu nome anunciado para disputar pela primeira vez o cargo de prefeito; Nogueira deverá concorrer pela terceira vez desde 2020 (Fotos: Reprodução/Redes Sociais)

Já o empresário Irineu Nogueira, do PTB, de 58 anos, morador de Penedo há 40 anos e proprietário de um restaurante na localidade, confirmou ao jornal BEIRA-RIO que a convenção que definirá sua participação nas eleições acontece no dia 1º de agosto, em local ainda não definido. Mas sua participação é, no entanto, curiosa. Ele tem oficializado suas candidaturas para as eleições desde o ano passado. Na primeira tentativa, ficou em segundo lugar, mas sua candidatura foi indeferida. Na segunda, chegou a oficializar a candidatura para o pleito suplementar que seria em 11 de abril, mas o mesmo foi cancelado.

Atualmente, o município de Itatiaia é administrado pelo prefeito interino Silvano Rodrigues (PSC), o Vaninho, que assumiu o cargo no dia 10 de junho, depois que o prefeito interino anterior, Imberê Moreira (PRTB), foi afastado pela Justiça sob acusação de improbidade administrativa junto com parte do secretariado. O município aguarda as eleições suplementares desde que o prefeito eleito em 2020, Eduardo Guedes (PSC), teve sua candidatura indeferida por ter concorrido a um terceiro mandato consecutivo, o que é proibido pela Constituição.

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.