Estado do RJ investe em protocolos com programa Turismo Consciente

Para obter o selo, empresas terão que investir na segurança de seus funcionários e turistas seguindo manual do programa

Foi lançada na noite desta terça-feira, dia 6, em Copacabana, na zona sul da capital fluminense, a campanha digital FériasRJ, que apresenta o Rio de Janeiro como um destino seguro, tanto em relação à segurança quanto aos protocolos de um turismo consciente, no cenário de avanço da vacinação contra a Covid-19.

O lançamento aconteceu ao mesmo tempo em que aconteceu um encontro do governador Cláudio Castro com representantes do setor de turismo para também anunciar o início da ampliação da Operação Copacabana Presente, que patrulha as ruas do bairro.

Lançada pela Secretaria de Turismo (Setur), a campanha digital FériasRJ mostra que, além da segurança, o Rio de Janeiro segue os protocolos do Turismo Consciente RJ. A ideia é aproveitar as férias escolares para trazer visitantes de estados próximos e do próprio Rio de Janeiro.

O programa Turismo Consciente já se encontra disponibilizado na internet, com um manual que contém as medidas de segurança, denominada “10 Mandamentos para um Turismo Consciente”, além da criação do selo “Turismo Consciente RJ”, criado com objetivo de orientar empresas e auxiliar os turistas para a retomada da atividade – quando autorizada pelas autoridades sanitárias – para que a volta dos deslocamentos das pessoas seja feita de forma ordenada e protegida do coronavírus.

A certificação segue várias premissas, entre elas o respeito às orientações da Secretaria de Estado de Saúde (SES) a todos os protocolos de procedimentos e datas de flexibilização das áreas turísticas. O manual foi desenvolvido em parceria com a iniciativa privada, instituições e entidades de vários segmentos do setor e com posterior chancela das autoridades de saúde.

O documento – que segue os mesmos protocolos indicados por autoridades de saúde no combate a Covid-19 – ainda destaca que o selo segue exemplos pelo mundo de utilização do princípio da autodeclaração, onde a iniciativa privada se responsabiliza pela adoção das medidas que resultará na boa imagem da cadeia produtiva do turismo local e consequentemente, do destino, oferecendo credibilidade ao consumidor.

O site do Turismo Consciente ainda disponibiliza informações sobre os destinos que já se encontra disponíveis para visitação e um link para que as empresas se cadastrem para obter o certificado “Turismo Consciente RJ”.

Segundo a Setur, uma carta, assinada pelo secretário de estado de Turismo, Otavio Leite, explicando a importância do Programa, foi enviada para os equipamentos turísticos e profissionais do ramo dos 92 municípios fluminenses. Leite lembra que, na retomada, as viagens de curta distância, para destinos vizinhos ou localizados a poucos quilômetros de distância, terão a preferência dos viajantes.

– Estamos insistindo na importância da inscrição no Programa Turismo Consciente para que nosso público mais próximo, como os fluminenses, paulistas, mineiros e capixabas, tenham à disposição no site, de forma ágil e rápida, quais estabelecimentos e profissionais estão cumprindo as recomendações sanitárias propostas pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para evitar a propagação do novo coronavírus. É essencial dar a esse visitante mais segurança para a sua viagem.

Os interessados em receber a certificação devem autodeclarar o cumprimento do manual disponível na página do programa e atender aos critérios informados no site. O portal possibilitará que o público consumidor identifique, em cada localidade, quais prestadores de serviços turísticos estão cumprindo as regras impostas. Após o cadastro, as empresas e profissionais do setor recebem o selo e um kit que contém inúmeras peças para serem usadas nas ações de marketing.

NORMAS PARA OBTER O SELO
Entre as normas para obter do selo estão o uso de equipamentos de proteção individual; cumprimento de regras de higiene pessoal; e limpeza e higienização de ambientes. A capacitação dos profissionais das empresas para que possam seguir os protocolos sanitários vigentes e a vigilância na saúde dos funcionários, através de testagens periódicas, são outros itens a serem atendidos. Será obrigatório, ainda, prestar informações aos clientes sobre a importância das regras; o uso de tecnologias que dispensem aproximação ou contato físico; e o controle de qualidade.

Os critérios necessários para a obtenção do selo, bem como, a logística da certificação, foram construídos com a validação da Secretaria Estadual de Saúde e em parceria com entidades representativas do turismo no Estado do Rio de Janeiro.

Além disso, aproveitando o mês de julho, que é considerado um período de recesso escolar e também de alguns setores de trabalho, as peças da campanha digital FériasRJ serão publicadas no Instagram da Secretaria de Turismo (@setur_rj).

COPACABANA PRESENTE
A ampliação do horário de funcionamento da Operação Segurança Presente para Copacabana foi uma reivindicação de moradores e comerciantes do bairro. Com 51 agentes, entre policiais militares, agentes civis e assistentes sociais, a ação também garante maior sensação de segurança para os turistas que circulam na região.

O evento que oficializou a ampliação da operação de segurança para o bairro encerrou um dia de comemorações dos 129 anos de Copacabana. Na manhã de terça-feira, Castro anunciou a retomada das obras do Museu da Imagem e do Som (MIS), que estavam suspensas há cinco anos. Inspirado nas curvas do calçadão do bairro, o novo MIS está com 70% das obras concluídas e será mais um ponto de encontro turístico em um dos mais famosos cartões postais do mundo.

Foto: Divulgação

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.