Aman se destaca no Campeonato Brasileiro de Tiro Esportivo no RJ

Entre os dias 8 (terça-feira) e 13 (domingo) deste mês, cadetes e oficiais da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) participaram do 51º Campeonato Brasileiro de Tiro das Forças Armadas/Final do Campeonato Brasileiro de Tiro 2020. O evento aconteceu nas instalações do Centro Militar de Tiro Esportivo na Vila Militar, no Rio de Janeiro, sendo organizada pela Comissão de Desportos do Exército e Comissão Desportiva Militar do Brasil, com o apoio do Centro de Capacitação Física do Exército e cooperação do Campeonato Brasileiro de Carabina, Pistola, Rifle e Tiro ao Prato Olímpico/2020, da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo.

A delegação da Aman, que foi composta por cadetes do primeiro, segundo e terceiro anos, obteve os seguintes resultados:

O cadete Shiroiva, do curso de Comunicações, ficou em 6º lugar na competição individual – Pistola de Ar Masculino – Sênior – Classe B; conquistou a 3ª colocação individual – Pistola de Ar Masculino – Júnior (Campeonato das Forças Armadas); e o 1º lugar por equipe – Pistola de Ar Masculino – Júnior (Campeonato das Forças Armadas).

O cadete Lira, do curso de Infantaria, obteve o 1º lugar individual – Pistola de Ar Masculino – Júnior (Campeonato das Forças Armadas) e também ocupou o lugar mais alto do pódio na competição por equipe – Pistola de Ar Masculino – Júnior (Campeonato das Forças Armadas).

A cadete Bruna Selma, do curso de Intendência, foi a 1ª colocada na competição – Carabina de Ar feminino Dama – Categoria B.

O curso Básico também subiu ao pódio com cinco cadetes. O cadete Morato recebeu duas premiações: 2º colocado individual- Pistola de Ar Masculino – Júnior (Campeonato das Forças Armadas); 1º colocado por equipe – Pistola de Ar Masculino – Júnior (Campeonato das Forças Armadas).

O cadete Victor Fernandes foi o 6º colocado individual – Carabina Ar Masculino – Sênior – Classe C e o 4º Colocado por equipe Carabina Ar Misto.

O cadete Bonassa obteve a 1º colocação individual – Carabina Ar Masculino – Júnior e o 2º lugar por equipe – Carabina Ar Masculino.

Já o cadete Cardeal obteve a 10ª colocação individual – Carabina Ar Feminino Dama – Classe A; o 2º lugar por equipe – Carabina Ar Feminino Dama; 1ª colocação por equipe – Carabina Ar Misto.

O cadete Moreira obteve a 5º colocação individual – Carabina Ar Masculino – Sênior – Classe B e o 1º lugar por equipe – Carabina Ar Misto.

Além deles, dois oficiais participaram pela Equipe da Comissão de Desportos do Exército: a Tenente-Coronel Ana Luiza (Pistola de 25m e Pistola de Ar) e o 1º Ten Merlim (Tiro ao Prato).

Neste ano, além das restrições devido a pandemia da covid-19, o evento celebra o centenário comemorativo da primeira medalha de ouro olímpica, conquistada pelo Tenente Guilherme Paraense, nos Jogos Olímpicos da Antuérpia em 1920. Ele foi o primeiro Porta-bandeira a representar o Brasil em uma competição deste nível e o único competidor brasileiro da modalidade tiro esportivo a ganhar uma medalha de ouro em Olimpíadas.

Fotos: Divulgação

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.