Câmara de Barra Mansa aprova abertura de processo de cassação contra Rodrigo Drable

Com 14 votos a favor e duas abstinências, os vereadores de Barra Mansa aprovaram na sessão da manhã desta quarta-feira, dia 29, a abertura do processo de cassação do prefeito Rodrigo Drable (MDB), atendendo a um dos pedidos de cassação solicitando a abertura do processo de impeachment do prefeito, o do vereador Marcell Castro (PTB).

Dessa forma, o vereador não pode votar no processo. Assim, sua suplente direta, Cristina de Fátima dos Santos Loures, assumiu apenas para exercer o voto neste pedido, conforme prevê o decreto federal sobre processo de cassação de prefeitos. O presidente da Câmara em exercício, Luís Antônio Cardoso, só votaria se houvesse empate. A vereadora Cristina de Fátima Dos Santos Loures e o vereador Carlos Roberto de Carvalho se abstiveram de votar.

Após a aprovação da abertura do processo, foram sorteados os vereadores para compor a Comissão de Investigação e Processante, responsável por dar seguimento ao pedido de cassação e emitir relatório ao final do processo, para ser votado. A comissão ficou assim composta: Gustavo Gomes, presidente; Maria Lúcia Moura da Fonseca, relatora, e Daniel Volpe Maciel. O cargo de presidente e relatora foram escolhidos pelos membros da comissão.

Drable é investigado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e Polícia Civil após ser denunciado junto com os parlamentares, o então presidente da Câmara Paulo Chuchu (Cidadania) e Zélio Resende (PRTB), o Zélio Show, por outro colega do Legislativo, que informou que teria recebido R$ 30 mil para dar seu voto a favor durante a sessão de aprovação ou não das contas da Prefeitura, no mês de maio passado.

Os três foram afastados de seus cargos, junto com um funcionário da Prefeitura, o coronel da Polícia Militar Jorge Ricardo da Silva, no último dia 14. Com o afastamento do prefeito, a vice-prefeita Fátima Lima assumiu interinamente o cargo de prefeita do município.

Fotos: Arquivo

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.