Defesa Civil de Resende alerta para chuva forte no município

Neste momento, ainda chove fraco em Resende, onde na tarde desta segunda-feira, dia 10, a Defesa Civil emitiu um boletim nas redes sociais alertando sobre a possibilidade de chuva forte para o município. Ainda de acordo com o informe, a chuva poderá atingir 55 mm em apenas uma hora. A previsão de chuva forte, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), também se estende a toda a região Sul Fluminense, onde a chance de chuva forte se concentra para esta terça-feira, dia 11.

Ainda assim, o instituto prevê pancadas de chuva durante à noite desta segunda para Resende, e chuva forte durante todo o dia nesta terça-feira. No restante da semana, o céu segue encoberto e as temperaturas ficarão amenas. Nesta segunda a mínima ficou em 19 e a máxima em 29 graus. Na terça, a temperatura ficará entre 18 e 22 graus.

A Prefeitura também aproveitou para orientar a população com a prevenção em caso de confirmação da ocorrência de chuva. Entre os cuidados, a recomendação é desconectar todos os aparelhos da tomada, evitar contato com objetos de metal e eletrodomésticos; manter janelas, portas e ralos fechados; usar o telefone fixo ou celular apenas se necessário; se estiver na rua, procurar um local seguro; não se proteger embaixo de árvores; e não jogar lixo ou entulho em terrenos baldios, bueiros e ruas. O número da Defesa Civil para casos de emergência é 199.

CAOS EM SP E RJ
Desde a tarde de domingo, dia 9, a chuva vem castigando a região da Grande São Paulo, provocando vários transtornos, e segundo a prefeitura da capital paulista, a chuva ganhou força na madrugada desta segunda-feira, causando transbordamento dos rios, alagamentos e deslizamentos. Segundo o Inmet, em 37 anos foi o maior volume de chuva registrado na região em 24 horas no mês de fevereiro. Várias escolas ficaram sem aulas e muitos não puderam sair pra trabalhar.

No Rio de Janeiro, a chuva chegou na tarde desta segunda-feira, deixando o município em estágio de atenção desde às 15h20 segundo o Centro de Operações Rio (COR-Rio). Aeroportos e linhas de ônibus e trens tiveram o funcionamento afetado parcialmente, e várias ruas da cidade seguem congestionadas devido a pontos de alagamento registrados nas últimas horas. Há o risco de deslizamentos e mais alagamentos nos próximos dias.

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.