Movimento “Viva o Paraíso” quer atrair turistas e moradores no Parque Estadual da Pedra Selada

Adriana (no canto à esquerda) e outros organizadores se uniram pra divulgar as atividades turísticas da região (Foto: Divulgação)

No próximo domingo, dia 27, a Região de Visconde de Mauá promove um evento de integração entre turistas e moradores, o movimento Viva o Paraíso – Urban Hacking, na sede do Parque Estadual da Pedra Selada (Peps). Das 10 às 18 horas, uma série de atividades espera pelos participantes. Um deles alerta para a importância de se proteger a integridade das espécies de aves da região das janelas e outras superfícies de vidro de residências, conforme explica a gestora da unidade de conservação estadual Adriana Fontes.

– Essa oficina de confecção de adesivos foi ideia de uma voluntária do trabalho de observação de aves, onde fizemos uma ação de educação ambiental para mostrar que a gente mapeou a área e também uma pesquisa que aponta que um grande número de aves morre por causa dos vidros, já que as pessoas vêm pra cá e constroem as casas no meio da vegetação e colocam janelas e portas de vidro, mas não percebem que as aves não têm a noção de que existem vidros nas casas. Para isso existem os adesivos, que podem reproduzir tanto a sombra de uma ave maior e predadora, quanto adesivos em formato de tiras, que inibem os pássaros e evitam acidentes. E essa oficina que estaremos promovendo é exatamente para ensinar a produzir esses adesivos, mostrando que são soluções simples e baratas, e conscientizar as pessoas dessa preservação das aves – cita Adriana.

Ela fala sobre o objetivo geral do movimento também é mostrar as atrações turísticas aos moradores. “Dentro desse trabalho eles trouxeram uma ação muito feita em Teresópolis e Friburgo, para que a população experimente o que acontece no turismo, todo mundo pode participar, além do turista. É algo voltado ao morador pra que ele possa vivenciar, porque às vezes ele nem sabe o que acontece aqui na sede do parque, não sabe o que acontece dentro de um restaurante, não sabe como é o festival da truta, e eles são as pessoas mais importantes para o movimento do turismo na região”, completa.

A oficina dos adesivos, prevista para acontecer entre as 14 e 17 horas, é apenas uma das atrações do evento, que também conta com outras oficinas, como produção de cerâmica, de pães de fermentação natural, oficina de nós e de decoração de pães de mel, além de roteiros de observação de aves, agronegócio e gastronomia, além de shows de música e aulas de danças circulares e de zumba.

A abertura acontece a partir das 8 horas com o programa Vem Pedalar, promovido pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) nas unidades de conservação do estado, que consiste em uma passeio de 21 km em uma trilha, e envolve educação ambiental, turismo, preservação e lazer. As oficinas são abertas a todas as idades, desde crianças até idosos. Não há necessidade de inscrição para as oficinas, que são gratuitas.

O evento é realizado pelo Sebrae, com parceria da Mauatur, e apoio do Parque Estadual da Pedra Selada, Secretaria de Estado de Turismo, TurisRio, Prefeitura de Resende, Parque Nacional do Itatiaia e Região de Visconde de Mauá. Confira a programação abaixo:

VIVA O PARAÍSO
URBAN HACKING – REGIÃO DE VISCONDE DE MAUÁ
27 DE OUTUBRO DE 2019 – domingo – lOh às 18h
Local: Sede do Parque Estadual da Pedra Selada – Peps

PROGRAMAÇÃO

Abertura com Caminhos da Rota do Paraíso 8h às 13h – Vem Pedalar – saída do Peps

lOh às 18h
Aves mais avistadas – experiência visual e auditiva – Imagens e canto das aves
Vídeo sobre a atividade da olivicultura na Serra da Mantiqueira, extração e propriedades do azeite de oliva (AMOLIVA – Associação dos Olivicultores dos Contrafortes da Mantiqueira)
Exposição de mudas de diversos tipos de oliveiras
Compostagem – prática sustentável para a Região de Visconde de Mauá
Memórias da Mantiqueira – Exposição de Fotos da Região de Visconde de Mauá

lOh às 12h – Oficina de Cerâmica
lOh às 11h30 – Produção de pães de fermentação natural – aula show (Chef: Noemi Delpasso – Bistrô das Meninas)
12h – Aulão de zumba (Viva Mauá)
14h às 16h – Decoração de pães de mel – aula show (Chef: Bla Dietrich – Restaurante Champignon)
14h às 17h – Oficina de Nós – Guarda Parque (PEPS)
14h às 17h – Oficina para confecção de adesivos no formato de pássaros: participantes confeccionam e levam para casa, visando colocar em suas janelas para evitar que as aves batam nas vidraças e se machuquem.
14h às 17h – Informações sobre Trilhas da Região e sobre a Transmantiquelra (trilha de longo curso)
15h – Trílha do Cruzeiro: saída para caminhada (Ian Marte Expedições)
15h – Apresentação da TV Maringá – Registro histórico sobre a Região de Visconde de Mauá nos anos 80.
15h30 – JEROKI – Danças Circulares de Visconde de Mauá – Focalizadora :Elsa Sanvicente.
16h – Observação de aves: saída para o Bosque do Visconde (Pé na Trilha)
16h – Coral do Visconde (Centro Cultural de Visconde de Mauá)
17h – Os Trutas – rock rural

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.