Mulher sobrevive após ficar à deriva por 10 horas

Kay (no centro da foto) conta que sobreviveu graças á boa forma física (Foto: Reprodução)

Após ficar 10 horas à deriva no Mar Adriático ao cair de um navio de cruzeiro entre o litoral da Croácia e da Itália, uma turista britânica conseguiu ser resgatada com vida neste final de semana. A britânica Kay Longstaff, de 46 anos, caiu de uma embarcação, que pertence a uma empresa norueguesa na noite de sábado, dia 18, quando o navio navegava a cerca de 100 km do litoral da Croácia. O cruzeiro dirigia-se do porto croata de Vergarola para a cidade de Veneza, na Itália.

Logo após o incidente, a equipe de bordo comunicou a ocorrência à Guarda Costeira, que iniciou as buscas e encontrou a turista às 9h40 local (4h40, em Brasília) de domingo, dia 18, a cerca de 1,3 km do local. A vítima foi levada ao hospital da cidade de Pula (Croácia) e não corre risco de morte. “Sinto que sou uma sortuda por estar viva. Caí da popa do navio e passei dez horas na água até que estes maravilhosos meninos me resgataram”, explicou Longstaff à imprensa.

A turista no momento do resgate (Foto: Croatian Defence Ministry/Reuters)

Segundo um capitão do navio de resgate croata, a mulher estava “esgotada” no momento em que foi encontrada. A turista contou que conseguiu sobreviver graças à boa forma física na qual estava por praticar ioga e também porque cantou durante toda a noite para aguentar o frio.

– Estamos felizes por saber que a mulher, residente no Reino Unido, está a salvo e se reunirá em breve com seus amigos e parentes – acrescentou o porta-voz da empresa responsável pelo navio.

As circunstâncias do incidente estão sendo investigadas.

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.