Câmara de Resende de cabeça pra baixo

O presidente da Câmara de Resende, Roque Cerqueira (PDT) editou ATO da Mesa Diretora adiando para o final do ano a segunda votação da eleição da Mesa para o biênio 2019/2020, votação aliás, que ele mesmo já proclamou há duas semanas, anunciando a chapa vencedora que tem como presidente eleito, o vereador do PPS, Edson Peroba. A chapa, que tinha o líder do governo Tisga (PPS) à frente, perdeu depois da abstenção do vereadores Odair Ozório (PSD) que integra a outra chapa, mas surpreendeu ao não votar na própria chapa, com o empate, a vitória foi de Peroba, por ser o vereador mais velho.

A ação do presidente Cerqueira terá repercussões ainda mais negativa para a Câmara Municipal já considerada refém do Executivo. Na tarde de hoje, Cerqueira, e os vereadores Tisga e Sandro Ritton também do PPS, estavam no gabinete do prefeito Diogo Balieiro Diniz acertando, segundo fontes do próprio Executivo, o discurso para o Ato e costurando apoio de Balieiro Diniz para convencer os demais vereadores a uma chapa de consenso.

Os vereadores da chapa vencedora já falam em recorrer à Justiça e alguns se dizem surpresos dos procuradores da Câmara aprovarem tal Ato, inclusive porque um deles foi assessor do juiz da 2ª Vara Civel de Resende, Hindemburg Brasil.

Ana Lúcia
editora do jornal BEIRA-RIO
Blog da Ana Lúcia (alcs.wordpress.com)

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.