A festiva passagem da tocha por Resende e a amargura em outros municípios

baloes1A festiva passagem da tocha por Resende e a amargura em outros municípios
Ontem (quinta-feira, 28) se deu o revezamento da tocha olímpica em Resende. Mesmo com o brilho sedutor dos Jogos Olímpicos, um tanto desgastado pelo que se convencionou chamar de ‘indústria do entretenimento’, a passagem da ‘tocha’ por Resende, mostrou que esse símbolo ainda guarda algum carisma. Muita gente foi às ruas assistir a passagem. E as pessoas aplaudiram. Os rancores disseminados nas redes sociais, os arroubos de protestos, muitos dos quais plenamente legítimos e oportunos, ficaram guardados em casa. A Rua de Resende reverenciou os Jogos. Os acontecimentos precedentes do evento em nossa cidade, pontualmente destacado pelo que ocorreu em Angra dos Reis, chegaram a preocupar os organizadores. A amargura daquela gente do litoral nasceu de meses pagamentos em atraso do funcionalismo, dos professores, etc. É compreensível a revolta. Mesmo depois de passar por aqui, os protestos em Barra Mansa onde a UPA e o Restaurante Popular foram fechados, compreende-se. Embora eu não compreenda ser eficaz o protesto contra os Jogos em si. Em Resende tudo transcorreu na mais absoluta tranquilidade e em clima de festa. Da mesma forma que a mobilização em 2014 calcada naquele patético slogan “Não vai ter Copa” mobilizou corações e mentes (e, naquele caso insuflado pela grande Mídia), não conseguiu impedir o evento, que foi consagrado pelo mundo afora, como a Copa das Copas, como preconizava a Presidente Dilma Rousseff, a Olimpíada vai acontecer para o mundo e para nós. Hoje, como naquele ano, um ano eleitoral, as manifestações acabam por assumir um caráter indisfarçável de campanha política, e campanha de oposição, é claro. Em 2014, a maioria dos cidadãos não se deixou levar pelos movimentos engordados pela Mídia e reelegeu Dilma. Esse ano, sem a forte participação midiática (não é mais um partido popular que comenda os caminhos nacionais) resta, além do protesto, a mesma arma de há dois anos: o voto. Descontem nas eleições da capital e sobre os governantes estaduais, suas justas indignações. Ergam grandes faixas com o ‘Fora Temer’ e ‘Fora Globo’. Mas deixem a amargura para as redes sociais com suas manifestações modernamente virtuais e não joguem pedras nos Jogos. O Rio de Janeiro, se não merece seus maus governantes, também não merece nossa antipatia. E viva, Luis Inácio Lula da Silva, um cidadão simples, que ganhou o mundo e trouxe a Olimpíada para o Brasil (assim como a Copa)!

O primeiro fim de semana de agosto começa com o pé no acelerador na região
Quinta-feira que vem, dia 4, começa a Feira Ponta de Estoque, um dos eventos mais vitoriosos de Resende. Em sua 7ª edição, a feira que já consta do calendário nacional de feiras, terão quatro pavilhões nos quais estarão distribuídos mais de 150 stands de expositores com ofertas de até 70% de desconto. Mais um pavilhão do automóvel e a Praça da Alimentação onde ocorrerão shows de artistas regionais. No sábado, dia 6, e no domingo, acontece o segundo festival de Balonismo de Resende (foto). Os objetos voadores alçarão voo da Aman e poderão, dependendo dos ventos, pousar no Parque de Exposições, num adorno a mais à Feira Ponta de Estoque. Não esquecer o belíssimo espetáculo noturno dos balões iluminados, a Night Glow. No mesmo final de semana, Resende, confirma sua vocação para os esportes de aventura, e além do balonismo terá o já tradicional encontro de parapentes com largada em Mauá pousos na Capelinha. E fechando uma semana agitada, ainda no primeiro fim de semana de agosto, acontece em Penedo mais um encontro anual de motociclistas, o evento turístico, mais aguardado e festejado pelos hoteleiros da ex-colônia Finlandesa.

TRIPA
* Dia 7, domingo que vem, sob o comando do Birinha, se realiza no Horto do Paraíso um grande baile da antiga (Charme e Miami Bass) com Super Controle Digital. Começa às 14 horas com a animação da Equipe Espião RJ e dos DJs Paulinho, Claudinho e convidados. Como o evento é em benefício do Asilo Nicolino Gulhot, a entrada é um produto de limpeza (amaciante, desinfetante, cloro). Valeu! * Hoje, dia 29, acontece a tradicional Sopa no Pão, evento beneficente organizado pela CDL-Resende. É a chamada Noite Solidária que já vem ocorrendo há onze anos. Será na Belle Maison, às 20 horas. Beleza !! * Também hoje à noite tem Wilsinho Ramalho no Bar Atlântico, a partir das 21 horas. E amanhã sábado, é dia de Feijão e Samba, lá mesmo no Atlântico com os excelentes Sanny Alves, Thiago Zaidan e Beto Oliveira. E o feijão por conta da Rosa. * E domingo, todos, ligados, é dia de um dos mais importantes e tradicionais clássicos do futebol brasileiro. Jogam na arena Botafogo, na Ilha do Governador: Botafogo x Palmeiras. O mundo estará de olho em Vinícius Tanque, Camilo, Neilton e Cia. Vale conferir!

ANIVERSÁRIOS
Dia 22, mudaram de idade duas pessoas amigas, a Sonia Nogueira e o radialista Max Verri. Dia 23, soprou velinhas a Marlucia Ribeiro. Dia 26 a Ana Clara e a Adriana Flor, inauguraram idade nova. No dia 27, receberam os parabéns a dona Nilra, o Markus Simão e o Fred Kanashiro. Dia 28 foi a vez do Julinho Portes, comemorar mais um ano de vida. Parabéns e todas as felicidades do mundo a eles.

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.