Sepe realiza ato em Itatiaia nesta sexta-feira

O Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) realiza um ato de panfletagem em um posto de gasolina da Rua Prefeito Assumpção, no Centro de Itatiaia, na manhã desta sexta-feira, dia 1º. O objetivo é protestar contra o Governo do Estado do Rio de Janeiro, que embora tenha decretado estado de calamidade financeira concedeu isenção fiscal a empresas da região.

– Vamos fazer uma panfletagem no Centro da cidade e gostaríamos de convidar as pessoas a participarem. Este ano é por conta da questão econômica. O governo insiste em falar em crise, em calamidade pública, mas a gente vê uma contradição porque ele concede bilhões em isenções fiscais a empresa e por isso vamos fazer esse ato. Questionamos essa contradição. Nossa região está recebendo mais empresas. Recentemente inauguraram uma empresa automotiva que teve mais de R$ 700 milhões em isenção em plena crise, em plena calamidade, fora o terreno – justificou o coordenador do Sepe de Itatiaia, Adriano Santos.

Entre as exigência da categoria para pôr fim à greve da Educação, que vai para quatro meses, estão um reajuste de 30% nos salários – devido ao tempo em que ficaram sem aumento; execução da lei do um terço para planejamento extraclasse que já foi concedida pela Justiça, mas o estado não cumpre; concurso público para funcionários; retorno do calendário de pagamento para profissionais da ativa e aposentados; reformas emergenciais nas escolas e fim da centralização na perícia médica.

– Nossa situação continua a mesma. Mesmo após a Justiça reconhecer que os recursos do Fundeb só podem ser usados para pagar a Educação, eles queriam fazer conosco um acordo que não incluía o pagamento sem parcelamento dos aposentados. Não aceitamos e também fazemos questão do reajuste de 30% – concluiu Adriano Santos.

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.