Sindicato dos Funcionários Públicos de Resende retoma assinaturas para Projeto de Lei

sindicato3 O Sindicato dos Funcionários Públicos do Município de Resende retomou a realização de um abaixo-assinado defendendo um Projeto de Lei de Iniciativa Popular com o objetivo de limitar e regulamentar a nomeação de cargos comissionados pelo Legislativo e Executivo municipal.  A iniciativa surgiu há um ano, durante uma manifestação realizada pelo sindicato reivindicando melhorias e reposições salariais.

A primeira etapa da campanha de mobilização aconteceu na manhã deste sábado, dia 21, no Calçadão do bairro Campos Elíseos, em Resende, quando quatro servidores se revezaram entre a tenda onde foram recolhidos os abaixo-assinados e a entrega de panfletos no local.

sindicato2 Ainda não atingimos o número necessário para viabilizar o projeto, é uma tarefa árdua, pois precisamos conscientizar tanto os demais servidores quanto outros eleitores resendenses sobre a importância da adesão. Até agora conseguimos apenas 1 mil assinaturas, o que equivale a apenas 5% do eleitorado do município – diz o vice-presidente do sindicato, Georvanio Paulo da Silva Sousa (a direita).

A decisão de retomar a mobilização foi tomada em assembleia no último dia 10, uma vez que o grupo precisa de até 5 mil pessoas para conseguir encaminhar o projeto. Ainda assim, o número de adesões ainda é baixo: até às 11 horas, haviam apenas cinco assinaturas. “Isso acontece porque somente os eleitores daqui podem assinar, tanto que é solicitado o título de eleitor deles para cadastro. E os mais interessados não votam aqui”, revela o vice.

A mobilização prossegue ao longo da próxima semana em Resende, quando os integrantes do sindicato estarão passando com o carro de som em um bairro escolhido para a ação do grupo, e no próximo sábado, dia 28, eles estarão fazendo uma nova coleta de assinaturas. O bairro ainda será definido.

Confira mais sobre o Projeto de Lei proposto pelo sindicato (mesmo conteúdo do panfleto distribuído no Calçadão) clicando aqui.

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.