“Quem apoia a Educação, buzina!”

manifesto2O título acima é uma das mensagens escritas nos cartazes dos professores da Rede Estadual de Ensino, que promovem uma manifestação nos dois sinais da Avenida Gustavo Jardim, no Centro de Resende, no final da tarde desta terça-feira, dia 12, incentivando os motoristas que passam pelo local a buzinar como forma de apoio à greve deflagrada no mês passado e todo o estado do Rio de Janeiro. Aproximadamente 30 pessoas, entre educadores e alunos com cartazes, faixas, apitaços e até um varal com mais cartazes pendurados próximo ao Mercado Popular, protestam contra o atraso dos salários e a má qualidade da educação.

manifesto3Os motoristas por sua vez respondem prontamente aos manifestantes, independente do sinal estar aberto ou fechado aos veículos. “Esta é só mais uma das manifestações programadas pela categoria, estamos direto nas ruas fazendo inúmeros atos, como passeatas e atos culturais, inclusive em Itatiaia”, explica a diretora do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação de Resende (Sepe), Daysiane Alves.

Ela fala sobre a receptividade da população com o buzinaço. “A população está entendendo que o momento é sério, a educação está parada em Resende. Tudo por causa de uma gestão fraudulenta do Governo Estadual, que vem nos prejudicando”, acrescenta.

Segundo Daysiane, de um mês pra cá a categoria ainda não teve grandes avanços nas negociações. “Até o momento, apenas conseguimos que um projeto de lei que nos prejudicaria fosse tirado de pauta da Alerj, sem previsão para ser votado. Fora isso, o governo alega que não tem dinheiro para nos pagar, o que não é verdadeiro. Não sabemos quando seremos pagos”, finaliza Daysiane.

Esta é apenas uma das manifestações previstas em Resende esta semana. Na próxima sexta-feira, dia 15, haverá um ato cultural na Praça Oliveira Botelho, no Centro, das 9 às 12h, também com a participação de professores e alunos.

Você pode gostar

One thought on ““Quem apoia a Educação, buzina!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.