Visconde de Mauá tem feira de orgânicos

Todo domingo, entre 9 e 15 horas, uma das atrações da Vila de Visconde de Mauá, em Resende, é a Feira de  Produtos Orgânicos da Associação de Produtores Rurais de Visconde de Mauá (Aprovim), que acontece na Aldeia dos Imigrantes. Neste domingo, dia 15, a equipe do jornal BEIRA-RIO esteve em Visconde de Mauá e conferiu de perto o que é vendido por produtores como Margarete Nogalis. Moradora de um sítio localizado na RPPN Morro do Elefante, em Bocaina de Minas/MG, ela vende produtos in natura e conservas, doces e tofu (queijo feito de soja), todos feitos com produtos orgânicos.

Ela fala de como acontece a produção do tofu em sua propriedade. “O meu produto é artesanal e feito com soja orgânica. Aqui na região não tem outro produtor que faça esse tofu, pois o industrial é feito com a soja transgênica. É um produto voltado a vegetarianos, sendo inclusive usado em pratos como a feijoada vegetariana, e é fonte de proteína”, explica.

Outro produtor, Alvaro Laurino, apesar de viver da agricultura de subsistência com a mulher Cecile Moy e os três filhos, também marca presença na feira todo domingo vendendo produtos orgânicos embalados de forma tradicional e a vácuo. “A diferença dele para os produtos empacotados tradicionalmente é a ausência do caruncho (inseto encontrado em cereais como milho e feijão) nos produtos empacotados a vácuo”, diz. Ele reitera que a presença do casal também tem como objetivo representar outros produtores que não puderam marcar presença na feira por morarem em locais distantes.

A presidente da Aprovim, Ana Rita Nogueira, fala do trabalho que é feito pela associação. “A gente só trabalha com orgânicos  e o diferencial é que somos certificados pelo Sistema Participante de Garantia da Associação de Agricultores Biológicos do Estado do Rio de Janeiro (Abio), registro existente apenas no Brasil”, revela.

Além deles, a feira também conta com venda de suco verde, pães, doces caseiros e até juçaí (produto semelhante ao açaí, feito com o fruto da palmeira juçara). Além disso, junto com a feira também há sessões de ioga dance e um brechó mantido por entidades em prol dos animais de rua.

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O limite de tempo está esgotado. Recarregue CAPTCHA.