28072017

Obituário

Tamanho do texto »

Morreu dia 23, o aposentado Elcy Ferreira, 71, na Santa Casa de Resende, de pneumonia e evolução de estado mórbido – doença.

A dona de casa Irene dos Santos, 81, morreu dia 25, no Hospital de Emergência, de insuficiência renal crônica agudizada, infecção do trato urinário e hipertensão arterial sistêmica.

Dia 26, morreu a aposentada Leosina da Conceição Domingos Cândido, 77, no Hospital de Emergência, de causa indeterminada segundo atestado de óbito assinado pelo médico Itamar Francisco Fernandez.

Morreu dia 26 o pedreiro Donovan Moreira Andrade, 26, no Hospital de Emergência, de ferimentos penetrantes de tórax e abdome com lesões pulmonar e hepática (instrumento pérfuro-contundente).

A aposentada Angelina Cataldo de Melo, 85, morreu dia 26, na Santa Casa de Resende, de sepse pulmonar e pneumonia.

Dia 27, morreu o gerente de churrascaria Izomar Rosas, 87, no Hospital de Emergência, de aneurisma da aorta abdominal e choque hipovolêmico.

Morreu dia 27 a doméstica Olga Bazzi Thomas, 83, no Hospital da Unimed Resende, de choque cardiogênico refratário, infarto agudo do miocárdio, insuficiência cardíaca, hipertensão arterial e tromboembolismo pulmonar.

A aposentada Celina Theodora, 86, morreu dia 27 no Hospital de Emergência, de insuficiência renal aguda, desidratação, desnutrição e hipertensão arterial sistêmica.

A auxiliar de produção Sebstiana Norberto Vogel, 75, morreu dia 28 no Hospital de Emergência, de sepse urinária, diabetes e hipertensão arterial sistêmica.

Dia 28, morreu a pensionista Carmen de Oliveira Anechino, 81, no Hospital de Emergência, de choque séptico, pneumonia e neoplasia de bexiga.

O autônomo Cândido Felipe dos Santos Elisio, 32, morreu dia 28 no Hospital de Emergência, de traumatismo craniano com lesão encefálica (ação contundente).

O mecanógrafo José Antonio Carlota, 73, morreu dia 29 na UPA Resende, de parada cardiorrespiratória e câncer de reto em estágio terminal.

Morreu dia 30 a dona de casa Maria Aparecida Corrêa, 80, no Hospital de Emergência, de causa indeterminada segundo atestado de óbito assinado pelo médico Flávio Alves Barradas.

Dia 1º morreu a dona de casa Roseli de Fátim Carvalho Jorge, 55, no Hospital de Emergência, de falência circulatória aguda, choque hipovolêmico, hemorragia digestiva alta, câncer gástrico e anemia aguda.

O aposentado Maurício Corrêa, 76, morreu dia 1º na UPA Resende, de edema agudo de pulmão, infarto agudo do miocárdio, hipertensão arterial sistêmica e parada cardiorrespiratória.

A dona de casa Cátia Maria Diniz Perroni Molina Sales, 52, morreu dia 2 no Himja, em Volta Redonda, de neoplasia de mama, insuficiência respiratória e parada cardiorrespiratória.

Morreu dia 2 o militar reformado Deny Estevam Galvão, 83, no Hospital de Emergência, de parada cardiorrespiratória, insuficiência respiratória, choque cardiogênico e infarto agudo do miocárdio.

Dia 5, morreu o servente Edson Alves de Queiróz, 55, morreu dia 5 no Hospital de Emergência, de AVE isquêmico e hipertensão arterial sistêmica.

Morreu dia 4 a doméstica Benedicta Arruda, 81, na Santa Casa de Resende, de pneumonia.

A dona de casa Evi Schneider Hackel, 89, morreu dia 5 no Hospital da Unimed Resende, de choque cardiogênico e falência de ventrículo direito.

O militar Luiz Carlos de Souza, 75, morreu dia 6 na Coordenação de Emergência Regional Santa Cruz, no Rio de Janeiro, de causa indeterminada segundo atestado de óbito assinado pela médica Larissa Dutra Martins.

Dia 6 morreu o marcineiro Paulo Aquino de Andrade, 62, no Hospital de Emergência, de insuficiência respiratória aguda, pneumonia, doença pulmonar obstrutiva crônica e neoplasia de pulmão.

Morreu dia 6 o operador José Pedro da Silva, 60, no Hospital da Unimed Resende, de hemorragia intracraniana, traumatismo crânio-encefálico e ação contundente.

A dona de casa Anita da Silva Sabino, 83, morreu dia 7 em casa no bairro Paraíso, de assistidlia, insuficiência cardíaca e hipertensão arterial.

Morreu dia 7 a doméstica Mara Nogueira Sampaio, 44, no Hospital de Emergência, de insuficiência respiratória aguda, pneumonia comunitária, insuficiência cardíaca congestiva e doença renal crônica.

Dia 9, morreu a doméstica Marilda Porto, 60, no Hospital de Emergência, de AVE hemorrágico, insuficiência respiratória aguda, sepse e pneumonia.

O aposentado Manoel Correa Soares, 68, morreu dia 9 em casa no bairro em Penedo, Itatiaia, de infarto agudo do miocárdio, insuficiência cardíaca congestiva e hipertensão arterial sistêmica.

Morreu dia 10 no Hospital da Unimed Resende o advogado Walter de Oliveira Júnior, 56, de edema agudo de pulmão, doença arterial coronariana, hipertensão arterial sistêmica, diabetes, obesidade e tabagismo.

Deixe um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.