22072017

Campanha de conscientização no trânsito mundial chega ao Rio neste mês

Tamanho do texto »

Neste mês de maio, o Rio de Janeiro ficará coberto por luzes amarelas no decorrer da noite como forma de alertar aos motoristas os altos índices de acidentes no trânsito, que ferem e matam pessoas todos os dias em detrimento do álcool, estresse ou mesmo cansaço ao pegar a estrada. Este é o conhecido Maio Amarelo, manifestação de nível mundial realizada para promover os cuidados com a vida no trânsito.

Haverá inúmeras ações educativas em escolas e em pontos de grande concentração. Neste dia 1º, o prédio-sede do Detran no Rio, na Avenida Presidente Vargas, foi o primeiro ponto a ter a iluminação amarelada, a vez, dia 2, do Palácio Guanabara e do Cristo Redentor. O Palácio e o Detran permanecerão iluminados por todo o mês de maio, já o Cristo terá apenas nesta noite de terça dia 2.

Segundo dados do Detran e do ISP (Instituto de Segurança Pública), só no Rio no ano passado, 36.726 pessoas foram vítimas (entre feridos e mortos) nas estradas e ruas do Estado. No Brasil, a taxa é de 23,4 mortes no trânsito para cada 100 mil habitantes, de acordo com estimativas divulgadas pela OMS (Organização Mundial de Saúde) também no ano passado. O país registrou ainda o quarto pior desempenho do continente americano, atrás de Belize, República Dominicana e Venezuela – campeã de acidentes na região, com 45,1 mortes por 100 mil habitantes.

Até 2030, a OMS estima que o número de mortos nas estradas em todo o mundo poderá chegar a 1 milhão por ano, o que preocupa desde já a tomar medidas com vista em evitar este número que, mesmo hoje, já se mostra elevado devido aos cuidados que deveriam ser fiscalizados por todos, não somente pelo Estado, mas sim também pela própria população que vem a ser a maior vitima nessa história; medidas simples como cinto; evitar de dirigir embriagado; ultrapassagens; entre outras pequenas ações que salvam a vida do motorista, dos passageiros e quem mais estiver por perto.

Fonte e Foto: Assessoria de Comunicação Social (Detran)

Deixe um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.