24042017

Novo Raulino de Oliveira completa 13 anos

Tamanho do texto »

Jornal 7777777

Moradores esperando por atendimento, no interior do Raulino, em Volta Redonda.

O estádio Raulino de Oliveira foi palco para inúmeros jogos e histórias, com sua construção tendo-se início em 1950 e inaugurado no ano seguinte, em 15 de abril. Décadas depois, passou por uma reforma que teve tal projeto em 2001, com sua demolição entre 2002 e 2003 e a reinauguração em 17 de abril de 2004. Já são 13 anos de sua reforma, que agora possui capacidade para 21 mil torcedores – o maior estádio do Sul do Estado do Rio de Janeiro.

Para recordar, a não muito tempo ocorreu o amistoso entre a seleção da Itália e Fluminense, que serviu como preparação da seleção europeia para a Copa do Mundo de 2014, além da conquista do Campeonato Brasileiro da Série D, pelo Volta Redonda.

Em virtude disso, Felipe Moura de Araújo, administrador do estádio, confirmou haver planos de mudanças para o estádio ainda neste ano, com o objetivo de trazer melhorias e, assim, assegurar o conforto dos torcedores. A arena pode ser considerada pioneira no atendimento do Estatuto do Torcedor, que ganhou visibilidade no cenário esportivo pela modernidade, conforto e segurança.

Além disso, o Raulino também tem outros fins, como abrigar a Academia da Vida, voltada para a Terceira Idade, a Ótica da Cidadania (que distribui óculos de graça para pessoas carentes), o Centro de Reabilitação para Cardíacos, o Centro de Fisioterapia, Academia de Ginástica para a Terceira Idade e o Centro de Ensino a Distância (Cederj), fora a Policlínica da Cidadania e o Centro de Imagens. Hoje, passam, diariamente, pelas dependências do estádio mais de 3 mil pessoas.

Fonte: Assessoria de Comunicação (Volta Redonda)

Foto: Assessoria de Comunicação (Volta Redonda)/O Globo

Deixe um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.