24042017

Evento promove cultura indígena em Angra

Tamanho do texto »

5383566 272727272

Imagem Casa Larangeiras, local do evento

Para comemorar o Dia do Índio, nesta quarta-feira, dia 19, foi organizada uma homenagem a cultura indígena remanescente na região de Angra dos Reis, em uma exposição com intuito de mostrar e resgatar suas tradições. A visita é gratuita e com classificação livre, ocorrendo até dia 30 desse mês, na Casa Larangeiras.

O evento apresenta a cultura nativa por meio de cestos coloridos de palha, artigos para enfeitar o corpo e os cabelos dos indígenas, cerâmicas e instrumentos usados nas danças, que são provenientes do acervo do Museu do Índio, do Rio de Janeiro, que disponibilizou peças de povos indígenas de todo o território nacional para exposição ao público.

Desmistificar a questão de que “índio é burro”, que “índio é preguiçoso” – este mesmo estereótipo é impregnado também a baianos – , de que “índio só é índio quanto tá nu e no mato”, mostrando que muitos são bilíngue ou mesmo trilíngue; o trabalho familiar que fazem; que são modernos, dirigindo e usando celular; a riqueza por trás de seus rituais, sua cultura, que tem muito a ensinar e ser contemplado, tudo isso está em pauta. No Brasil, há 274 línguas vivas indígenas.

Para os interessados, a Casa Larangeiras fica aberta a visitas de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h. O local funciona na Praça Zumbi dos Palmares, s/nº, no Centro de Angra.

Fonte: G1

Foto: TMN Cultura/Olhares – Sapo

Deixe um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.