23042017

ONG convoca mutirão para limpeza em lago da Morada do Bosque

Tamanho do texto »

Apesar de não receber o esgoto das residências próximas, lago se encontra sujo e abandonado

Apesar de não receber o esgoto das residências próximas, lago se encontra sujo e abandonado

Nesta quarta-feira, dia 22, é o Dia Mundial da Água. E aproveitando a data, a ONG Velho do Lago, criada no início deste ano, começou nesta quarta uma ação de mutirão de limpeza do entorno do lago do bairro Morada do Bosque. A localidade é vizinha ao Mirante das Agulhas, que ficou conhecido nos últimos 17 anos pela luta do morador aposentado Antônio Albino Filho, o Velho do Lago, para salvar o lago existente no bairro.

– Nosso objetivo é chamar a atenção dos moradores e autoridades para a necessidade da preservação do lago na Morada do Bosque, que se encontra em uma situação ainda pior que o do existente no Mirante. E a intenção nossa é também transformar essas áreas ao redor em áreas de lazer e ao mesmo tempo em um ambiente para se trabalhar a educação ambiental nas crianças – explica o Velho do Lago, que também preside a ONG.

Ele – acompanhado da mulher, a dona de casa Ana Malaquias de Carvalho Albino; o vice-presidente Theobaldo Honório de Paula; o primeiro secretário Nahilson Pereira; e os voluntários Roberto Carlos Salgueiro Dias e sua mulher Regina Amaro Salgueiro Dias – formaram o pequeno grupo que iniciou os trabalhos de limpeza na Morada do Bosque, no final da tarde desta quarta-feira.

– A gente sempre vinha pescar, fazer piquenique e até tomar banho – relembra Regina, que é professora e acompanha os trabalhos da ONG mesmo antes dela virar uma organização não governamental.

O primeiro secretário ressalta que a data foi escolhida com o intuito de preservar um dos recursos hídricos existentes em Resende. Segundo ele, o lago da Morada do Bosque se estende por mais dois bairros, o Mirante (dando origem ao lago da localidade) e o do bairro Morada da Colina. “Ele é um reservatório que abastece o lago do Mirante, tanto que a nascente fica aqui na região”.

Evento reuniu um pequeno grupo, mas expectativa é de um número maior de voluntários no domingo

Evento reuniu um pequeno grupo, mas expectativa é de um número maior de voluntários no domingo

O grupo fez uma limpeza inicial na área do entorno do lago, com a retirada de parte do mato. E pretendem retomar as tarefas no próximo domingo, dia 26, com um número ainda maior de voluntários e outras pessoas interessadas em ajudar. “Nossa função é ajudar na fiscalização dos trabalhos dos governos em relação à preservação dos lagos, mas o que estamos fazendo hoje é algo que serve para alertar as autoridades para a importância de se manter limpa uma lagoa abandonada há anos e condenada a desaparecer”, diz Nahilson.

Ainda que não possa participar no próximo domingo das atividades por ter compromissos de trabalho, o professor e guia de turismo Rodrigo Macedo, que mora no local, aprova a ideia da ONG. “Acho importante essa iniciativa. Aqui tem ficado muito abandonado e desvalorizado, e pra piorar o pessoal joga lixo. Essa área deveria ser revitalizada”, conclui.

Os interessados em participarem poderão comparecer a partir das 9 horas de domingo, dia 26, próximo ao lago da Morada do Bosque, em Resende.  A concentração acontece na Rua Doutor Manoel Ferraz, 340, no Mirante das Agulhas.

Deixe um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.