28072017

Falta de informação e cheiro de gás em Resende assustam moradores

Tamanho do texto »

Desde 2016 a CEG Rio vem ampliando a rede no município e reclamações como interrupção no tráfego (foto de arquivo) e agora, o odor de gás acompanham a obra

Desde 2016 a CEG Rio vem ampliando a rede no município e reclamações como interrupção no tráfego (foto de arquivo) e agora, o odor de gás acompanham a obra

Uma forte cheiro de gás desde a noite de quinta-feira, dia 16, preocupa os moradores de alguns bairros de Resende, como Morada da Colina, Ipiranga, Limeira e parte do Manejo que reclamaram nas redes sociais e acreditam que pode existir algum vazamento, já que a CEG Rio vem ampliando a rede de gás natural encanado no município.

O jornal BEIRA-RIO em contato com a Assessoria de Imprensa da CEG Rio recebeu a informação que não há vazamento, mas alguns testes de “odorização do gás” e por isso o cheiro foi sentido e que “as equipes da Ceg Rio já foram acionadas e neste momento realizam inspeções em diversos pontos do município. Todas as medidas de segurança estão sendo tomadas e o sistema de distribuição da rede de gás da região também está sendo monitorado pelo Centro de Controle. A Ceg Rio informa que já identificou que não há escapamento de gás em sua rede que abastece o município de Resende. A Companhia informa que o cheiro que está sendo percebido pela população é proveniente do sistema de odorização do gás natural. A Companhia pede desculpas pelos incômodos causados e esclarece que esse procedimento não representa risco de segurança à população”. A empresa também disponibilizou um telefone de emergência que é o 08000240197.

O BEIRA-RIO em contato com Amar, pela manhã, não encontrou responsável para falar sobre o assunto. A pessoa que atendeu o telefone informou que o expediente só começa às 12h e desconhecia a reclamação do cheiro de gás na cidade. Também foi feito contato com um assessor e e-mail enviado à Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Resende, mas até o momento a Prefeitura aparenta desconhecer o assunto e não retornou com qualquer explicação.

Fotos: JBR e G1 (TV Rio Sul)

Deixe um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.