25062017

Obituário

Tamanho do texto »

A trocadora Angélica da Silva Gentil Moreira, 45, morreu dia 13 no Hospital da Unimed Resende, de tuberculose pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crônica e diabetes.

Dia 13, morreu a dona de casa Andréia Carvalho da Silva, 39, na Santa Casa de Resende, de caquexia, desidratação e câncer de garganta.

Morreu dia 14 a aposentada Anelia Castilho, 67, no Hospital de Emergência, de AVE isquêmico, insuficiência respiratória aguda, insuficiência renal aguda e choque circulatório.

A dona de casa Nilza Teixeira da Silva, 81, morreu dia 15 no Hospital Municipal Salgado Filho, no Rio de Janeiro, de parada cardiorrespiratória, insuficiência respiratória aguda, pneumonia e AVE hemorrágico.

Dia 15, morreu a dona de casa Marina Luciana, 58, no Hospital de Emergência, de choque misto (cardiogênico + hipovolêmico), cetoacidose diabética e diabetes descompensada.

Morreu dia 15 a agente comunitária Michele Soares da Silva, 38, no Hospital Samer, de choque neurogênico, hemorragia cerebral e tumor cerebral.

O auxiliar de serviços gerais Antônio Eduardo do Nascimento, 37, morreu dia 15, no Hospital de Emergência, de ferimentos penetrantes de crânio com lesão encefálica (ação pérfuro-contundente).

O pensionista Maurício Diniz Buêno, 57, morreu dia 16 em casa no bairro Nova Alegria, de parada cardiorrespiratória, hipertensão arterial sistêmica e distrofia miotônica de steinert.

Dia 16, morreu a dona de casa Vanderlina Cândida de Carvalho, 47, no Hospital de Emergência, de encefalopatia anóxia, morte súbita abortada e síndrome de imunodeficiência adquirida.

O estudante Bruno da Silva Amaral, 22, morreu dia 17 no Hospital de Emergência, de hemorragia por ferimentos penetrantes das regiões lombar,ilíaca e coxa direitos, com lesões transfixantes de duoeno íleo (PAF).

Dia 17, morreu a lavadeira Rosa de Brito Silva, 84, no Hospital da Unimed Resende, de insuficiência respiratória e câncer de esôfago.

Morreu dia 16 a pensionista Maria Luisa Vilches de Souza, 82, no Hospital Municipal de Volta Redonda, de choque séptico, sepse urinária, Alzheimer avançado e caquexia extrema.

Marilene Leal Nogueira Duarte, 69, morreu dia 18 no Hospital Antônio Cândido Camargo, em São Paulo, de insuficiência respiratória, sepse, ascite neoplásica, neoplasia de mama e insuficiência renal aguda.

O aposentado Gentil José Ribeiro, 92, morreu dia 19 em casa no bairro Cidade Alegria, de depleção de volume e pneumonia.

Morreu dia 19 a dona de casa Ana Maria Lindra Viana, 82, no Hospital de Emergência, de insuficiência respiratória aguda, edema agudo pulmonar, tromboembolismo pulmonar, insuficiência cardíaca e insuficiência renal crônica.

Deixe um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.