26052017

Festival homenageia centenário do samba

Tamanho do texto »

Apresentação durante evento de 2014 (Foto: Divulgação)

Apresentação durante evento de 2014 (Foto: Divulgação)

Música da melhor qualidade, fazendas seculares e da região que ficou conhecida como Vale do Café, no interior fluminense: neste cenário charmoso acontece a 14ª edição do Festival Vale do Café, realizado entre os dias 21 de julho a 3 de agosto. Este ano, o evento faz uma homenagem aos 100 anos do samba. A data remete ao primeiro samba oficialmente registrado no país na Biblioteca Nacional. A música “Pelo Telefone” foi registrada em 1916 por Donga (1890-1974), mas foi composta coletivamente na casa de Tia Ciata. Com essa música, a palavra samba também apareceu pela primeira vez no selo de um disco de vinil. O Festival Vale do Café vai homenagear a data com apresentações especiais de Jorge Aragão, Teresa Cristina e Carlinhos de Jesus.

As cidades de Vassouras, Barra Mansa, Barra do Piraí, Miguel Pereira, Valença, Três Rios, Rio das Flores e Volta Redonda serão palco de shows e concertos em igrejas, casarões, praças e fazendas, além de palestras e cursos. Carlinhos de Jesus apresenta o espetáculo “Samba do Carlinhos”, em Barra do Piraí e Três Rios. Teresa Cristina leva seu show “Teresa Cristina canta Cartola” para Rio das Flores e Valença. E Jorge Aragão canta seus sucessos e clássicos do samba em Barra Mansa e Vassouras. As apresentações são gratuitas. Já nas fazendas históricas apresentam-se, entre outros, Cristina Braga, Turíbio Santos, Laila Garin, Marcos Sacramento, Angelica de La Riva e Zé Paulo Becker (os ingressos estão à venda pelo site do evento).

As cidades participantes do festival também vão receber o projeto inédito de gastronomia Espaço Festival Vale do Café, no qual chefs embaixadores do Senac promoverão aulas-shows em food-trucks pilotados pelos melhores alunos selecionados das oficinas de Gastronomia e Bartender. Além disso, todos os oito municípios vão receber um ponto de informações turísticas no dia em que o espaço estiver na cidade.

Uma das novidades desta edição é a criação de um circuito de visitação a cachaçarias da região. De sexta-feira a domingo, às 11h, o festival disponibilizará duas vans para o público que quiser conhecê-las. Além disso, os produtores participantes do circuito terão um espaço de apresentação, degustação e venda de seus produtos nas fazendas onde acontecem as apresentações do Festival Vale do Café.

O Festival Vale do Café também lança o programa Amigo do Festival, clube de vantagens no qual, mediante cadastro, o participante tem acesso a uma carteirinha virtual com uma série de benefícios, entre eles, descontos em hotéis, restaurantes e comércio parceiros válidos no período de junho de 2016 a maio de 2017.

CURSOS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES
Dos dias 30 de julho a 3 de agosto, acontecerão os cursos de música, com professores renomados, para crianças e adolescentes, sob a direção de Turíbio Santos. Do total de alunos beneficiados com as aulas gratuitas, alguns recebem bolsas integrais (com hospedagem e alimentação inclusas) para oficinas de violoncelo, contrabaixo, violino, sax, clarineta, trompete e flauta, entre outras, graças ao apoio das Secretarias Estaduais de Cultura e Educação. Somente os 12 concertos nas fazendas são pagos: o restante da programação é gratuito.

Vencedor do Prêmio de Cultura do Rio de Janeiro na categoria Empreendorismo, o Festival Vale do Café faz parte do calendário de eventos do Estado. Idealizado por Cristina Braga e com direção artística do violonista Turíbio Santos, o evento já recebeu mais de 920 mil pessoas em suas 13 edições anteriores, sempre com o objetivo de fortalecer o pólo turístico local, contribuindo com o desenvolvimento econômico do interior do estado do Rio – já que nesta época, estas cidades recebem centenas de turistas nacionais e internacionais.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.